quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Sabe que hoje fiquei sabendo de alguém que lê meus textos e realmente gosta deles? Diz que eles a influenciam, assim num aspecto positivo. Eu, é claro, fiquei lisonjeado e bastante contente de saber tal novidade, porque eu realmente gosto de saber que quando as pessoas leem meus textos, o mesmos levam-nas à uma reflexão do assunto que eu tratei. Óbvio não sou nenhum desvendador de mistérios, nenhum filósofo importante, apenas escrevo as coisas que eu sinto, percebo, vejo, e por incrível que pareça pode até influenciar quem leia.

Engraçado de se pensar é que quando você tem um meio de se comunicar, de demonstrar seus pensamentos, isso pode influenciar as pessoas, então será se você que tem esse poder as vezes usa como o deveria? Pessoas quando são fãs de certos ídolos normalmente tomam pra si as atitudes do tal, de vez em quando isso é bom, porque nós podemos presenciar ótimos artistas que estão em luta contra as coisas ruim desse nosso mundo envenenado. Problema é quando alguns usam o mesmo veículo para disseminar coisas do tipo supérfulas, mas que eu respeito, ninguém aqui precisa passar o dia ouvindo ou lendo coisas críticas, preocupadas com o mundo, mas é preciso esse saber e também valorizar os que tentam passar algumas mensagens assim.

Nós temos que pegar leve né também, o mundo já é uma droga e se nós ainda passarmos os dias procurando fatos e fatos dessa droga, vamos acabar mal humorados, sem esboçar um sorriso, e preocupados demais. Fato é que esses dias tenho lido algumas matérias atuais, mas eu nem estou com muito clima pra ficar escrevendo sobre atualidades, acho que é porque tenho muita das vezes uma vida professora, o que me faz ter reflexões provenientes das lições que as vezes, até obrigado eu sou a aprender.

Quem ler esse blog espero que consiga captar as mensagens que eu tento passar, tente refletir sobre as coisas que eu escrevo, perceba que acima de tudo, de todas as coisas, é preciso se acreditar para que se torne verdade, se você acreditar, então será. Nunca se esqueçam disso.

A vida quase sempre nos parece difícil, mas basta ir com calma, e lembrar daquele velho poeta que cantava: "Don't worry, about a thing, coz every little thing is gonna be all right."Vamos acreditar no bom.

Um comentário:

  1. você escreve bonito, pego ate o dicionario para poder entender.

    abraç

    ResponderExcluir